Estratégia de Especialização Inteligente - RIS3 Nacional

Partilhar:

A especialização inteligente foca-se em identificar as caraterísticas e os ativos singulares de cada país e região, destacando as vantagens competitivas de cada região.


A especialização inteligente envolve empresas, centros de investigação e universidades que colaboram entre si para identificar as áreas de especialização mais promissoras, assim como as fraquezas que comprometem a inovação, ao nível de uma região.


Posteriormente, as autoridades nacionais ou regionais terão de elaborar um documento que descreva a estratégia proposta para esse país ou região e, em particular, os investimentos públicos e privados planeados, incluindo Fundos Estruturais, que se destinam à investigação, ao desenvolvimento tecnológico e à inovação.

As Estratégias de Inovação Nacionais/Regionais para a Especialização Inteligente (estratégias RIS3) são agendas de transformação económica integradas de base local que concretizam cinco itens importantes:


» Direcionam apoio político e investimentos para as prioridades, os desafios e as necessidades nacionais/regionais mais importantes para promover um desenvolvimento baseado no conhecimento.

» Baseiam-se nas mais-valias, nas vantagens competitivas e no potencial de excelência de cada país/região.

» Apoiam a inovação baseada na tecnologia e na prática e visam estimular o investimento do setor privado.

» Promovem o total envolvimento das partes interessadas e incentivam à inovação e à experimentação.

» Baseiam-se em provas e incluem sistemas de acompanhamento e avaliação coerentes

 

Tags: portugal2020,inovação,estratégia,vantagens competitivas