Financiamento no apoio à contratação - Estágio Emprego

Partilhar:

Fique a conhecer as medidas mais adequadas para si

Conheça as medidas de financiamento, existentes no Instituto do Emprego e Formação Profissional, que proporcionam experiências de formação prática em contexto de trabalho e promovem a inserção profissional dos seus beneficiários.

Objetivo do apoio: Financiamento de estágios com a duração de 9 meses, tendo em vista promover a inserção de jovens no mercado de trabalho ou a reconversão profissional de desempregados.

Medida financiada pelo Portugal 2020.

  • Promotores:

Pessoas singulares ou coletivas, de natureza jurídica privada, com ou sem fins lucrativos

  • Destinatários: 

Desempregados inscritos nos serviços de emprego  e que se encontrem numa das seguintes situações:
jovens com idade entre os 18 e os 30 anos, inclusive, com uma qualificação de nível 2, 3, 4, 5, 6, 7 ou 8 do Quadro Nacional de Qualificações (QNQ);
- com idade superior a 30 anos, desde que tenham obtido há menos de três anos uma qualificação de nível 2 ou superior, estejam à procura de novo emprego e não tenham desenvolvido atividade profissional nos 12 meses anteriores à data da seleção pelo IEFP;
pessoas com deficiência e incapacidade;
integrem família monoparental;
pessoas cujos cônjuges ou pessoas com quem vivam em união de facto se encontrem igualmente inscritos no IEFP como desempregados;
vítimas de violência doméstica;
ex-reclusos e aqueles que cumpram ou tenham cumprido penas ou medidas judiciais não privativas de liberdade e estejam em condições de se inserirem na vida ativa.

  • Apoios ao estagiário disponíveis:

- Bolsas de estágio;
- Refeição ou subsídio de alimentação;
- Seguro de acidentos no trabalho;
- Transportes

  • Apoios às entidades promotoras:

A comparticipação financeira do IEFP é baseada na modalidade de custos unitários, por mês e por estágio, conforme os diferentes termos existentes, podendo obter apoio até 5.952,60

  • Condições de acesso:

As entidades promotoras devem cumprir as obrigações legais e regulamentares a que se encontram vinculadas, nelas se incluindo as de natureza fiscal e contributiva.
As empresas que iniciaram processo especial de revitalização, previsto no Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas (CIRE), podem candidatar-se à medida, devendo para o efeito fazer prova dessa situação. O mesmo se aplica às empresas que iniciaram o processo no Sistema de Recuperação de Empresas por Via Extrajudicial (SIREVE).
Tendo em conta o objetivo essencial da medida Estágios Emprego - desenvolvimento de uma experiência prática em contexto de trabalho visando a inserção de jovens num futuro emprego ou a reconversão profissional de desempregados - , valorizam-se os projetos que potenciem a contratação dos destinatários após a sua conclusão. Deste modo, em sede de verificação dos critérios de elegibilidade dos projetos, é concedido maior destaque ao fator empregabilidade, consonante com a sua relevância face aos propósitos da medida.

Obtenha mais informações sobre este financiamento, contacte-nos!

Garanta o melhor aproveitamento das medidas propostas, nós tratamos das burocracias, você recebe o melhor apoio possível na contratação e muitos outros. Realizamos reuniões de diagnóstico gratuitamente.

Tags: outglocal,consulting,estratégia,innovation,incentivo,oportunidades,estágio,emprego,financiamento,portugal 2020,destinatários,apoios,instituto do emprego e da formação profissional,medidas,destinatarios,beneficios,condições,acesso