Artigo de opinião / 16.08.17

Pequenas e médias empresas nos dias de hoje (Liliana Pinto)

Partilhar:

A importância da inovação nas PME

A inovação é sempre um fator importante e de diferenciação em todas as empresas, no entanto, quando falamos de pequenas e médias empresas este fator torna-se ainda mais importante, pois poderá ser decisivo para estas empresas crescerem e ganharem importância no mercado onde se inserem.

Em alturas de crise ou de maior perturbação económica ou social a inovação e a diferenciação são mais faladas. No entanto, quando a situação económica melhora será que podemos deixar ficar de parte estes fatores?  A resposta é fácil – NÃO, pois se implementar-se uma cultura de inovação numa empresa essa vai permanecer e ajudar a ultrapassar dificuldades futuras.

Porém, o que é isto de inovação? A resposta aqui já não é tão clara, pois os próprios académicos não chegam a consenso. No entanto, pode-se dizer que a inovação é um processo contínuo, onde uma nova ideia é concebida e transformada num conceito para a implementação de um produto/serviço novo ou claramente melhorado através da sua comercialização. Existem quatro tipos principais de inovação, inovação de produto, inovação de processo, inovação de marketing e inovação organizacional. Por outro lado, os tipos de inovação por novidade são a incremental, radical e disruptiva ou revolucionária. E, ainda, as inovações por estratégia da empresa são divididas em dois grupos: inovação aberta e fechada. Por último, dependendo da abordagem, a inovação pode ser classificada como top-down (de cima para baixo) e bottom-up (de baixo para cima).

Os processos de inovação nas empresas trazem benefícios para as mesmas nomeadamente na construção de novos mercados, na redução dos custos de produção, no aumentar a quota de mercado e o crescimento, na questão da competitividade e no aumento dos lucros. Em consonância, empresas que têm uma cultura de inovação estão mais preparadas para imprevistos e por norma são mais sustentáveis. O exercício constante de inovar e a consciência da importância da inovação ajudam a equipa a identificar soluções de forma mais rápida quando necessário, e as otimizações de processo tendem a desburocratizar empresas, reduzindo custos. Além disso, os produtos e serviços inovadores podem ser geradores de grandes vantagens competitivas em relação a outras empresas do setor. Além disso, uma empresa inovadora poderá ter mais condições de ter acesso a fundos de apoio ao desenvolvimento da mesma, no âmbito do Portugal 2020, por exemplo.

Em suma, os processos de Inovação permitem às Pequenas e Médias Empresas estarem mais preparadas para imprevistos, aumentarem o lucro, identificarem problemas e soluções de forma mais rápida e a desburocratizem processos, por exemplo. No entanto, esse exercício de inovar deve ser contínuo, pois só com a implementação de uma cultura de inovação é que se consegue atingir os benefícios referidos anteriormente. 

Tags: Outglocal,strategydriven,PME,Portugal2020,Empresas,Estratégia,Inovação