Notícia / 29.11.17

Região de Coimbra insatisfeita com apoios dados aos agricultores afetados pelos incêndios

Partilhar:

Incêndios de 15 e 16 de outubro

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Região de Coimbra quer mais apoios para os agricultores afetados pelos incêndios de outubro porque até agora considera estes, insuficientes.

Em comunicado, o Conselho Intermunicipal da CIM Região de Coimbra exige ao governo mais ajuda para o sector agrícola, pois considera que são, “manifestamente insuficientes os níveis de ajuda anunciados pelo Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural".

Dessa forma, a comunidade intermunicipal quer que os apoios definidos pelo governo para os sectores empresarial e industrial estejam equiparados aos projetos agrícolas, e por isso, aprovou um documento na semana passada, que visa propôr “a reformulação das ajudas públicas previstas para a agricultura social e de subsistência".

Uma vez que, os agricultores que têm prejuízos até ao montante de 1,053 euros têm medidas de “simples acesso”, contrariamente os produtores com danos que chegam até aos 5.000 euros, ficam em desvantagem porque estão sujeitos a uma complexidade de candidatura maior.

Por esse motivo, a CIM defende uma maior simplificação de acesso para os agricultores que foram mais afetados pelos incêndios do passado mês de outubro.

Tags: Incêndios,CIM,Coimbra,Agricultura,Outglocal,Governo,Portugal 2020