Notícia / 14.11.17

Reposição da Capacidade Produtiva diretamente afetada pelos incêndios ocorridos no dia 15 de outubro de 2017 (Fundos Nacionais)

Partilhar:

Portugal 2020 – Abertura de Candidatura

Foi no passado dia 6 de Novembro que abriram as candidaturas ao fundos que visam apoiar as empresas que foram afetadas pelos incêndios de 15 de Outubro de 2017.

Área Geográfica de Aplicação:

As empresas afetadas poderão apresentar as suas candidaturas até ao dia 1/10/2018

O presente concurso tem aplicação nos territórios NUT II da Regiões Norte e Centro, nos concelhos particularmente afetados pelos incêndios, nos seguintes termos:

Região Norte: Os concelhos da região Norte, com empresa(s) cujo(s) estabelecimento(s) estável(eis) foi(ram) atingido(s) pelos incêndios de 15 de outubro de 2017.

Região Centro: Os concelhos da região Centro, com empresa(s) cujo(s) estabelecimento(s) estável(eis) foi(ram) atingido(s) pelos incêndios de 15 de outubro de 2017, podendo ainda ser apoiadas empresas que tenham tido ativos empresariais danificados naqueles concelhos, embora não tenham neles estabelecimento estável.

As despesas apoiadas neste aviso são:

a) Custos de aquisição de máquinas, equipamentos, respetiva instalação e transporte, ou a sua reparação, desde que tenha efeitos no prolongamento da sua vida útil, destinados a repor a capacidade produtiva afetada;

b) Custos de aquisição de equipamentos informáticos, incluindo o software necessário ao seu funcionamento e software standard ou desenvolvido especificamente para a atividade da empresa;

c) Material circulante diretamente relacionado com o exercício da atividade, desde que, comprovadamente, seja imprescindível à reposição da capacidade produtiva;

d) Estudos, diagnósticos, auditorias, planos de marketing e projetos de arquitetura e de engenharia essenciais ao projeto, desde que contratados a terceiros não relacionados com o beneficiário;

e) Obras de construção, remodelação ou adaptação das instalações, indispensáveis à reposição da capacidade produtiva, desde que contratadas a terceiros não relacionados com o beneficiário

Este apoio é dado sob a forma de não reembolsável e assim as empresas podem ser apoiadas a fundo perdido com os seguintes limites:

a) 85 %, no caso dos apoios até € 200 000;

b) 70 %, para PME, na parcela que excede € 200 000 ou que não seja atribuída em conformidade com o Regulamento (UE) n.º 1407/2013, da Comissão, de 18 de dezembro de 2013, relativo aos auxílios de minimis;

c)25 %, para as restantes empresas que não sejam PME, na parcela que excede € 200 000.

A Outglocal está solidária com todos os que de alguma foram afetados por esta catástrofe, desta forma a Outglocal, irá não cobrar um fee fixo pela elaboração da candidatura, tendo apenas um valor de sucesso, só e apenas se a mesma for aprovada.

Se está nesta situação e precisa de ajuda conte connosco.

Tags: Outglocal,StrategyDriven,Estratégia,Portugal2020,FundoNacional,ApoiosàsPME